4 de janeiro de 2010

Lhasa de Sela (1972 - 2010)

Sem comentários: